A importância do solo: índice de contaminação e fertilidade

solo

O meio ambiente é o conjunto que une fauna, flora, solo, rios e as pessoas. Quando um desses elementos está em defasagem por conta da poluição, todo o grupo pode ser afetado. Por isso, é necessário buscar o equilíbrio em todos os elementos que ajudam a compor o meio ambiente.

Em relação ao solo, já existem técnicas e estudos que servem para verificar sua posição geográfica, índice de contaminação, fertilidade, dentre outros aspectos naturais.

Devido a importância do solo, esse artigo irá se focar nesse elemento natural. Não deixe de conferir!

Mapeamento do solo e cuidados técnicos: você já ouviu falar em georreferenciamento?

O georreferenciamento consiste em mapear um imóvel no ambiente rural, para demonstrar o seu perímetro, e atualizar no Sistema Geodésico Brasileiro. Com isso, é recolhido o dado da área e da posição geográfica do terreno. Essa ação é feita baseada em uma legislação que regulamenta os imóveis rurais.

Após recolher os dados, eles devem ser entregues ao INCRA – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, que fica responsável por verificar se os dados apresentados estão dentro das Normas Técnicas estabelecidas e se confere com os dados recolhidos anteriormente, em seu cadastro.

Também se verifica os documentos que registram um imóvel, assim como realiza procedimentos de correção de um espaço de terra.

Essa ação é importante por evitar irregularidade com a terra, assim como sua concentração de forma errônea.

Aproveitamento correto da água para o solo: instalação de um poço

Em muitos ambientes rurais e alguns residências, as pessoas optam por realizar a perfuração de poços. Existem vários modelos de poços, mas basicamente é uma perfuração que irá retirar água de uma camada profunda do solo.

Um dos poços mais conhecidos é o poço freático, também chamado de poço cacimba. Esse tipo de poço retira a água de dentro do lençol freático (um espaço subterrâneo e natural que armazena água).

Como esse tipo de poço é mais superficial, ele retira água de uma parte mais próxima dentro da perfuração do solo, sendo considerado como mais raso.

Geralmente, esse tipo de poço é mais utilizado em áreas rurais e com acesso limitado, fornecendo a quantidade de água necessária.

Mas, o processo de ter um poço não se refere apenas à perfuração, mas também cuidados técnicos com a manutenção do mesmo assim como a limpeza de poço.

Um poço geralmente possui bombas que necessitam de manutenção e a limpeza, assim como partes internas para evitar a contaminação da água.

Você já ouviu falar na remediação de um solo contaminado?

A remediação de solos contaminados consiste em um projeto que tem como objetivo praticar regras e padrões que evitem a contaminação do solo, por meio do saneamento.

Além disso, a medida consiste no conjunto de ações que tem como objetivo isolar uma região que possa receber materiais contaminantes. Com isso, o solo e o lençol freático presente no local conseguem ser preservados, com eficácia.

A grande intenção dessa ação é evitar que o solo fique contaminado por causa de poluentes, ou elementos que apresentem toxicidade. A remediação funciona da seguinte forma:

  • Adoção de procedimentos técnicos;
  • Análise de risco;
  • Criação de um projeto de remediação;
  • Estudo do local;
  • Verificação se a remediação é necessária.

Dentro os principais procedimentos que podem participar desse processo podemos citar um tratamento térmico, estabilização do solo, solidificação, transformação química além da biorremediação.

Também existem técnicas que podem ser aplicadas, a depender do local de instalação. A terra contaminada é retirada do local e é implementada uma política de descontaminação do solo.

Você já ouviu falar na importância da engenharia ambiental?

A engenharia ambiental consiste no estudo do meio ambiente e em políticas de conservação das suas riquezas naturais.

Esse tipo de curso, que dura em média de 4 a 5 anos, trabalha com técnicas de conservação tanto do solo, água e fauna, logística reserva, reflorestamento, legislação relacionada ao meio ambiente, dentre outras técnicas.

Um dos trabalhos dos engenheiros ambientais é realizar o gerenciamento de residuos solidos, que inclusive está previsto na lei.

Esse gerenciamento consiste no descarte adequado desses resíduos, com foco na reciclagem dos mesmos, para que eles não sejam contaminantes nem do solo nem da água.

Com essas ações, é possível preservar o meio ambiente e dos elementos naturais que são fundamentais para a existência humana.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *