A reciclagem de alguns materiais comuns

A reciclagem é um processo nobre e de extremo valor para o meio ambiente.

O procedimento consiste na transformação de materiais usados em produtos novos, podendo ser inseridos na cadeia de consumo sem a necessidade de extrair mais recursos da natureza.

A alternativa é adotada pelas grandes empresas, pois a ação contribui significativamente para a preservação ambiental e reduz o lixo gerado pelos seres humanos.

Além disso, reciclar promove a sustentabilidade, uma vez que diminui os impactos ocasionados ao meio ambiente.

Partindo desse ponto de vista, desenvolvemos este artigo especial com tudo o que você precisa saber sobre a reciclagem de alguns materiais comuns.

Acompanhe o restante da leitura logo abaixo.

Reciclagem de plástico

reciclagem de embalagens plásticas, bem como garrafas e demais itens oriundos do petróleo, é uma das mais comuns no mercado.

O procedimento tem início a partir do recebimento da matéria prima, que vem de catadores, empresas ou associações que realizam o serviço de coleta.

Portanto, é preciso que haja conscientização para que todos possam descartar o plástico de maneira correta e, assim, o serviço dos catadores e demais empresas ser facilitado.

O descarte incorreto, por sua vez, além de prejudicar o trabalho dos catadores, implica diretamente no prejuízo para o meio ambiente.

Em suma, o material que é recolhido pelas empresas de reciclagem chega enfardado, pois passa por um processo que compacta uma série de embalagens em grandes cubos plastificados.

Cabe destacar que há algumas peculiaridades neste processo. As garrafas PET, por exemplo, são separadas por cor, tendo maior volume de vendas nas empresas.

Processo de triagem

A triagem é importantíssima para começar a revalorizar o material que será reciclado.

Neste sentido, todos os itens, como sacolas, garrafas, embalagens e demais itens passam por uma esteira transportadora para reciclagem, onde cada objeto é escolhido para ser reciclado.

Isso porque algumas garrafas e embalagens podem estar totalmente danificadas, inviabilizando o processo de reciclagem.

Sendo assim, os itens devidamente separados passam por um moinho de facas, onde são todos moídos.

Lavagem e secagem do material

Depois de moídos, os plásticos já podem ser comercializados. Entretanto, para agregar mais valor aos produtos, todos eles são lavados e secados.

Com isso, o produto reciclado passa por um aglutinador, que aquece e resfria todo o plástico, o que garante mais densidade.

A partir desse procedimento, o item entra em uma máquina extrusora, que funde, garante a homogeneidade do material e, por fim, o transforma em tiras, conhecidas como espaguetes.

O espaguete é picotado, resfriado e ensacado.

Posteriormente, o mesmo é vendido para as empresas que utilizam o plástico na produção dos mais variados materiais a serem comercializados.

Tratamos de microrganismos

Os microrganismos são corpos capazes de se adaptar vários ambientes, inclusive ao ar. Deste modo, a população microbiana presente no ar é variável e transitória.

Os microrganismos não se proliferam, mas o ar é um meio que transporta poeira, e é nela que esses agentes estão. Por isso, no processo de reciclagem existe a lavagem e higienização de todo material colhido.

Caso isso não ocorra, os microrganismos podem prejudicar o destino final do produto que, em suma, é o próprio consumidor.

Para ter ideia, alguns microrganismos podem produzir toxinas que causam várias doenças por envenenamento bacteriano. Neste caso, a microbiologia do ar é a ciência que estuda e determina ações que inviabilizam a proliferação desses microrganismos tóxicos à saúde.

microbiologia é de grande importância para saúde pública, principalmente se pararmos para analisar a disseminação de doenças de veiculação aérea, na economia e na criação de animais, por exemplo.

Aplicações do plástico reciclado

O plástico pode ser usado na composição de inúmeras mercadorias, garantindo lucro e servindo como fator sustentável.

Dentre as principais aplicações, destacam-se:

  • Embalagens;

  • Utensílios domésticos;

  • Tubos de conexão;

  • Peças de calçados;

  • Sacos plásticos;

  • Peças automotivas;

  • Componentes para eletrodomésticos.

 

Ainda assim, o item é utilizado em revestimentos, tecidos e muitos outros produtos comuns do mercado.

Entretanto, vale ressaltar que devido à crescente tecnológica, os processos recicladores estão evoluindo cada vez mais, tornando soluções lucrativas e sustentáveis ao meio ambiente.

Portanto, esses são alguns dos principais detalhes sobre a reciclagem de produtos e materiais comuns do dia a dia.

Lembrando que o descarte correto de resíduos proporciona a melhor coleta e tratamento desses itens, que hoje podem ser dispensados, mas amanhã podem se tornar um produto novo, de novo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *