Aproveitamento de água de chuva

A água (inclusive a água de chuva) é um recurso fundamental para todos os tipos de vida, seja de seres humanos, plantas, animais e outros.

Acontece que esse recurso é muito desperdiçado pela irresponsabilidade humana, gerando escassez e diversos problemas, sejam eles ambientais ou de saúde.

Para evitar esses acontecimentos, o Aproveitamento de água de chuva é uma ótima opção para se conhecer melhor.

Reaproveitamento pluvial

Se as atitudes humanas não forem outras em relação à preservação da água, muito em breve a escassez dela terá grandes proporções, afetando diretamente muitas vidas e o meio ambiente.

Dessa forma, existem diversas medidas que podem ser utilizadas para controlar esses efluentes, sendo elas práticas diárias e de criação de hábitos, por exemplo:

  • Ensaboar a louça com a torneira fechada;
  • Banhos mais rápidos;
  • Evitar lavar as calçadas com mangueiras;
  • Usar redutores de pressão;
  • Optar por sanitários econômicos e outros.

A importância de ter uma Cisterna

Através das práticas diárias, que deveriam ser consideradas básicas para todos os seres humanos, a mudança de consciência já é um grande passo.

Dessa forma, é possível pensar em outras formas muito positivas de economizar a água, ou reaproveitá-la, como é o caso da água da chuva.

Uma alternativa muito eficiente é instalar um sistema de “cisterna” (armazenamento da água da chuva em poços ou caixas d’água).

Esse procedimento é simples de se ter em casa, além de ser vantajoso em diversos aspectos, como:

  • Pode ser instalada em residências urbanas e rurais;
  • Economiza-se até 50% na conta de água;
  • Possui capacidades distintas de armazenamento;
  • Auxilia na diminuição de enchentes;
  • Reaproveitamento da água.

A cisterna é um reservatório que através da captação do recurso pluvial, toda água é reaproveitada para utilização doméstica.

Esse sistema aproveita a água que caí da chuva, armazenando-a, além de tornar possível sua utilização para diversas finalidades como tomar banho, lavar a louça e outros.

É muito utilizado também para o Tratamento de água de caldeira, proveniente de indústrias, por exemplo. Esse é um ótimo método de controlar a procedência da água, até sua utilização.

Como funciona a purificação da água

A água da chuva é encaminhada a um filtro, que elimina todas as impurezas da água através de um freio, por exemplo, a existência de galhos, folhas, entre outros.

Depois de eliminar as impurezas, toda a água é encaminhada a uma caixa de agua ou poço. Essa é uma alternativa muito eficaz que auxilia na economia da água.

Esse procedimento ajuda a economizar financeiramente e também no combate à escassez de água. Além disso, pode ser instalado com baixo custo, pois é acessível.

A água da chuva não é potável, pois muitas vezes acaba vindo com poeiras, nitrato, sulfato ou amônio, o que não possibilita que a utilização dessa água seja para consumo, como beber água, por exemplo.

Porém, toda essa água que cai das chuvas pode ser reutilizada para tarefas domésticas.

Através da cisterna, é possível usufruir de todo o benefício pluvial, que certamente auxiliará na diminuição de conta de água, além de contribuir positivamente com o meio ambiente.

Osmose Reversa: Quais são os impactos

Muitas pessoas também optam por realizar um Sistema de osmose reversa. Esse sistema pode ser instalado por empresas especializadas.

Consiste em tecnologias de purificação da água, que é realizada por membranas que filtram as impurezas. Esse sistema pode ser utilizado para diversos segmentos, por exemplo:

  • Para retirar o sal da água do mar;
  • Para purificar água da chuva;
  • Para tratar os efluentes;
  • Para deixar a água limpa para utilização.

Esse procedimento cria duas correntes de água diferentes, a primeira é chamada de “permeado” por conter baixo teor de sais que foram dissolvidos. A segunda é chamada de “rejeito” que acumula os sais da água de alimentação.

Essas duas correntes são criadas quando no decorrer do procedimento existe a concentração de algum dos compostos, excedendo os limites de solubilidade, ou seja, passam a obstruir.

Através de ajustes e dosagens de produtos que condicionam essa purificação, é possível ter o controle do PH, que torna possível a utilização.

A importância de economizar os recursos pluviais

Pode-se concluir, que buscar formas de reutilizar a água da chuva é muito importante.

A nível social, essa água passa a ser preservada, diminuindo as chances de escassez, além de ampliar a consciência de conservação desse recurso tão necessário, a água.

Além disso, ao buscar soluções para que o aproveitamento da água da chuva seja eficiente e prático, o ambiente é beneficiado através dessa economia, que passa a não ter tanta utilização das águas que já estão nos grandes reservatórios.

Assim, fica evidente a importância da consciência ambiental e do reaproveitamento de recursos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *