Como acontece o gerenciamento de resíduos?

Grande parte das indústrias, ao realizar os seus processos de produção, acabam por gerar alguns tipos de resíduos, e esses, dependendo de suas respectivas composições, podem vir a serem nocivos para o meio ambiente ou, até mesmo, tóxicos ao ser humano.

Para que se evite problemas de ordem ambiental ou mesmo de saúde pública, é necessário que esses dejetos sejam devidamente descartados, nos lugares e da maneira correta.

Esse tipo de serviço deve ser realizado por empresas devidamente capacitadas, que contam com profissionais qualificados e treinados, além dos equipamentos de manuseio, transporte e descarte desses resíduos.

Caso sua empresa ou indústria produza esses tipos de resíduos nos processos diários de produção, para evitar a contaminação ambiental ou a infecção sanitária dos arredores, o que pode vir a causar multas e diversos outros problemas relacionados à legalidade das atividades da empresa, é necessário buscar por um Plano de gerenciamento de resíduos.

O plano de gerenciamento de resíduos pode ser definido como um serviço onde uma empresa assumirá inteiramente a responsabilidade pelos dejetos que sua indústria produz.

Serviço eficiente e altamente benéfico pode trazer diversas vantagens à sua companhia, e por isso, elaboramos este texto com o intuito de auxiliá-lo na compreensão de como funciona esse tipo de prestação de serviços.

Então, continue com a sua leitura, e venha conosco entender melhor os pormenores e detalhes que envolvem o processamento de resíduos.

Gerenciamento de resíduos industriais

Previamente, devemos entender que os Resíduos industriais se constituem de um grande problema ambiental, e devido a isso seu gerenciamento deve ser conduzido da maneira adequada, seja no quesito do tratamento, seja na disposição final ou mesmo no processo de reutilização.

Deve-se saber que os resíduos sólidos que são gerados por empresas industriais, são alocados conforme a norma da ABNT 10.004, que designa o tratamento e a destinação adequada de acordo com as suas características constitucionais.

Existem empresas de Gerenciamento de resíduos industriais, cujo objetivo é buscar soluções que possuam uma consciência ambiental para todo o tipo de resíduo ou dejeto gerado.

Para um gerenciamento correto, é necessário que se busque realizar alguns passos específicos, cumprindo requisitos na realização de cada um. São as etapas descritas abaixo:

  • Elaboração do plano;

  • Elaboração da ficha de emergência;

  • Licenciamento ambiental;

  • Separação dos resíduos;

  • Armazenagem dos resíduos;

  • Registro da movimentação;

  • Coleta dos resíduos;

  • Tratamento e destinação final.

Bom, cada ponto listado acima, demonstra uma essencial importância dentro de todo o processo de gerenciamento.

São passos essenciais para que se tenha uma destinação, transporte e tratamento dos dejetos gerados da maneira correta, evitando assim, prejuízos ambientais, intoxicação humana ou mesmo problemas legais gerados à empresa.

Vejamos com um pouco mais de detalhes abaixo.

Transporte de resíduos

A realização do Transporte de resíduos deve acontecer primeiramente por intermédio da escolha de um veículo apropriado para a realização do processo de retirada do material e envio deste para o seu destino final.

É necessário haver veículos equipados, com a tecnologia moderna para que se possa realizar o transporte com a devida segurança.

Os processos realizados nessa etapa devem estar de acordo com as devidas leis e normas ambientais vigentes para que se evite problemas e acidentes envolvendo esses resíduos.

É ideal que se busque por uma empresa que realize o transporte desses itens de maneira correta, realizando os processos com segurança, preocupação com o acondicionamento da carga, em um baixo tempo e com condições propícias de descarregamento.

Coprocessamento de resíduos

Para que você entenda melhor o que é o Coprocessamento de resíduos industriais, deve-se saber que é um método que faz a utilização dos diferentes tipos de resíduo gerados para substituir combustíveis usados para o abastecimento do forno, que durante a confecção do cimento, transforma a argila e o calcário em clínquer.

Para tal, existe uma reação de suma importância que é a combustão.

Itens como a temperatura das chamas, tempo de residência dos gases em questão e a turbulência existente no forno, chegam a ser superiores aos padrões utilizados no descarte seguro daquele tipo de resíduo, que oferece algum tipo de ameaça, tanto para o meio ambiente quanto para a saúde humana.

Enfim, todo o espectro que envolve isso, desde a Coleta de todos os tipos de resíduo, passando por seu transporte, tratamento e destinação final, são de suma importância para as indústrias como também para a preservação ambiental e manutenção da saúde pública.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *