Cuidados com o meio ambiente: algumas ferramentas

ambiente

O meio ambiente vem passando por transformações motivadas em grande parte pela ação antrópica, isto é, pelas ações humanas. Essas ações estão quase sempre atreladas a produção e a extração de recursos naturais.

Muito dos recursos extraídos não são renováveis, ou seja, não há uma recuperação natural, e assim, quando extraídos de forma ilegal e sem preocupação com seu impacto, faz com que o meio ambiente tente, como um organismo, a se adaptar a novas situações.

Por isso, que ao longo das décadas, principalmente, a partir da década de 1980, a questão da sustentabilidade tem atraído governos, empresas e indústrias, que buscam soluções para diminuição do impacto.

Governos adotaram a necessidade de licenciamento e monitoramento ambiental para empresas e construções, e tratamentos dentro da indústria com o uso da água, se tornaram comuns.

Neste artigo abordaremos alguns pontos e elementos que podem ser usados e que podem ser desenvolvidos por variadas entidades e que podem ajudar e muito com a diminuição do impacto ambiental, como o investimento do setor privado e público para a composição de empresa de reciclagem de lixo eletrônico que vem se tornando um tipo de resíduo mais produzido recentemente.

Tratamentos de águas industriais

As indústrias utilizam muitos elementos que permitem que seus processos sejam garantidos, e um dos componentes e recursos naturais mais usados são a água. Deste modo, depois de usada nos mais variados procedimentos, essa água é descartada.

Justamente, essa água descartada polui rios e consequentemente mares, devido as cargas químicas e físicas presentes na água industrial utilizada. Assim, as indústrias, para diminuírem o impacto ambiental começaram a investir em tratamento de agua industrial.

Os tratamentos da água industrial, também neste setor conhecido como efluentes tem como objetivo a recuperação da qualidade do recurso usado nos processos de fabricação.

A água usada são usadas em muitos processos como:

  • Limpezas de pátio;
  • Lavagem de peças;
  • Torres de resfriamento;
  • Etapas de produção.

Como dissemos, por conta disso a água se torna poluída e com potencial poluidor do meio ambiente. O tratamento visa garantir que a água, se descartada, seja menos poluente e em alguns casos seja reutilizada.

Há muitos tipos de tratamento de água, e sempre as metodologias são definidos de acordo com a qualidade da água.

É necessário atentarmos para o fato que esse processo precisa sempre estar descrito no sistema de gestão SSO que faz com que a indústria seja mais eficiente e muito mais seguro.

Alguns processos que a água industrial passa para o seu tratamento e recuperação são: filtração, decantação, coagulação e processo de floculação química, em alguns casos o tratamento aeróbio biológico, troca iônica e a ultrafiltração, osmose reversa e também a esterilização das águas por ultravioleta.

Assim, a água pode ser reutilizada ou descartada de forma a não causar impactos ambientais.

Reciclagem de resíduos

A geração de resíduos sólidos é um dos elementos mais importantes e que causam mais impactos ambientais. Neste sentido, as empresa de lixo se apresentam na sociedade como uma solução para uma gestão mais adequada e eficiente.

Uma dessas soluções nos processos de gestão de resíduos é a adesão das chamadas reciclagens. A reciclagem consiste em variadas metodologias para que os resíduos, de diferentes materiais sejam reintroduzidos dentro do ciclo de produção.

Há muitos tipos de vantagem da adesão de reciclagem, tanto na indústria, como no cotidiano. A principal delas é a preservação dos recursos naturais e um freio na destruição do meio ambiente. Em alguns países do mundo as empresa torre coleta de lixo é visto também como um negócio rentável.

Os processos de reciclagem vão se aperfeiçoando ao longo dos tempos, principalmente, para que o ciclo produtivo venha utilizar cada vez mais produtos reciclados criando projetos e produtos muito mais sustentáveis.

Outro ponto que é muito importante é o descarte correto dos resíduos, isto é, como “Jogar fora” determinados materiais. Para isso existe o que chamamos de Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

E há vários tipos de destinação como: reutilização, reciclagem, compostagem, recuperação e aproveitamento energético, sempre, observando normas operacionais específicas.

Com isso, entendemos que o cuidado com o meio ambiente passa pela adesão de variados processos, principalmente, as fábricas e empresas, já que são as maiores responsáveis pela produção de resíduos. Com a adesão de elementos mais sustentáveis o impacto ambiental é muito mais diminuído.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *