Cuidados com o meio ambiente e sustentabilidade ambiental

ambiente

O meio ambiente é o nosso lar, porém, por conta da atividade humana ele vem sendo modificado e passando por situações ruins. Isto gera uma série de problemas como aumento da temperatura do planeta, derretimento das geleiras e outros problemas.

Por isso, que é fundamental que as empresas e indústrias que surgem agora trabalhar com índices e metodologias de analise de riscos ambientais.

Além de se inteirarem das legislações ambientais de cada País, Estado e Município, já que elas foram criadas para evitar que impactos ambientais muito grandes fossem possíveis.

Neste sentido ao falarmos de cuidado com o meio ambiente precisamos extrapolar o nível da responsabilidade individual, mas enxergar nos grandes negócios e na indústria um ponto chave para atingir as metas ambientais.

Assim, a responsabilidade individual e a dos negócios são fundamentais para diminuir o impacto ambiental e fomentar a criação de empresa de reciclagem de lixo eletrônico e a coleta seletiva.

Neste artigo abordaremos alguns elementos importantes para entender tudo isto. Esses componentes são a sustentabilidade empresarial e os tipos de licenças ambientais que devem ser emitidas por qualquer empreendimento ou construção antes de seu funcionamento.

Compreendendo a sustentabilidade empresarial

A sustentabilidade empresarial envolvem uma série de elementos como a responsabilidade social e ambiental, e vai além, ajuda as empresas a tomarem decisões corretas e estratégicas para não agredir o meio ambiente.

Essas ações também integram a preocupação constante com o licenciamento e monitoramento ambiental e desenvolvimento de projetos que integrem a sociedade em torno do empreendimento para que os impactos ambientais sentidos pelas pessoas sejam diminuídas.

Isto acontece porque toda alteração que envolva o meio ambiente interfere na sociedade.

A sustentabilidade empresarial então pode ser definida como um conjunto de ações que ajudam as empresas a atuarem de forma consciente em seus negócios e possibilitando que elas invistam em ações como instalação de tratamento de agua e esgoto nos sistemas industriais de produção.

As ações de sustentabilidade ajudam no crescimento não somente das empresas, mas também dos consumidores.

Para que as empresa se guiem a consultoria ambiental de sustentabilidade elaborem:

  • Relatórios;
  • Laudos;
  • Análises;
  • Situações.

Deste modo é possível estabelecer estratégias e ações para um e crescimento mais sustentável e ambiental com vistas a ajudar na instalação de empresa de lixo e coleta seletiva.

No tópico abaixo falaremos sobre os licenciamentos ambientais que são necessários para que empresas e indústrias funcionem.

Os licenciamentos ambientais para as empresas funcionarem

O licenciamento ambiental consiste em um processo burocrático que autoriza e também faz o acompanhamento da implantação e da operação das atividades da empresa e das indústrias que utilizam recursos naturais ou que podem ter potencial poluidor.

A licença ambiental é emitida por órgão público ambiental e é de obrigação do gestor das empresas procurar os órgão para que os licenciamentos estejam em todos os pontos do empreendimento como das etapas iniciais até a efetiva operação.

Cada tipo de licenciamento possui uma validade e também colocam regras, condições, restrições e medidas de controle ambiental.

Ao conseguir o licenciamento ambiental é assumir os compromissos com a manutenção do meio ambiente no local em que ela será indicada. Portanto, de prédios até a construção de estações de tratamento de água.

Outro grande ponto importante para o licenciamento ambiental é que elas são ferramentas para o poder público para fazer o controle ambiental. No Brasil existem três tipos básicos de licenciamento, a licença prévia, licença de instalação e a licença de operação.

As licenças ambientais são obrigatórias para as empresas que estão enquadradas na resolução 237/97 do CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente.

A licença prévia (LP) é a primeira etapa do licenciamento da atividade do empreendimento, e são emitidas na etapa do planejamento do negócio.

Na LP o órgão avalia a localização, a concepção do negócio, atestando se há viabilidade ambiental e estabelecendo requisitos básicos para as próximas fases. Essa licença sendo o prazo máximo de cinco anos.

A licença de instalação (LI) é feita após a aprovação do projeto. Aqui há a autorização do início da construção do empreendimento. É preciso que qualquer modificação no projeto seja avisada ao órgão ambiental para avaliação, sendo o prazo máximo de seis anos.

A licença de operação (LO) autoriza o funcionamento do empreendimento depois de ter sido edificada e atendido as medidas de controle ambiental.

Portanto, entendemos que para proteger o meio ambiente é fundamental a atenção a todos os detalhes, da sustentabilidade até a legislação ambiental.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *