Cuidados com o solo: remediação e topografia

A análise de solo é uma ação muito importante para o meio ambiente pois serve para mostrar sua situação em relação a contaminações e características, além da presença de nutrientes. É do solo que vem o alimento, a base das residências e cidades, aumentando ainda mais a importância desse bem natural.

Assim, a amostragem do solo é muito importante, principalmente diante de ações governamentais, industriais ou de construção, já que um dos objetivos é conhecer aquele ambiente para o projeto e evitar sua contaminação.

Neste artigo, vamos falar sobre ações que podem ser feitas para conservar ainda mais o solo, além de aspectos técnicos. Confira!

Os levantamentos topográficos

O desenvolvimento sustentavel depende da preservação ambiental, incluindo a preservação do solo.

Assim, estudá-lo e evitar sua contaminação é de extrema importância. Por isso, a topografia urbana existe.

Esse tipo de levantamento mapeia toda uma superfície, seja de um terreno ou uma grande área. A partir daí, serão feitas análises técnicas acerca do local, assim como as operações que podem ser realizadas no terreno.

O levantamento envolve uma análise das curvas, assim como o relevo e dados do terreno de modo geral. Essa ação é fundamental para construções, assim como novas implantações urbanas.

Existem alguns tipos de levantamentos topográficos, sendo os mais comuns os planimétricos, altimétrico e planialtimétricos.

O levantamento topográfico planimétrico é um tipo de análise voltada à parte horizontal, assim como as projeções e limites do terreno voltadas a esta variável.

Já o levantamento altimétrico, que vai analisar os declínios do terreno assim como suas irregularidades. Esses elementos também são conhecidos como curvas de nível e buscam verificar quais são as alturas do solo.

Por fim, o levantamento planialtimétrico é a junção dos dois tipos de levantamentos que citamos acima, ou seja, ele verifica tanto a parte horizontal como a altura de determinado relevo. Com isso, o mapeamento fica muito mais completo para o cliente.

Remediação do solo

Toda a sociedade, assim como as empresas, indústrias e outros segmentos precisam ter responsabilidade ambiental com relação aos procedimentos realizados e que envolvem o meio ambiente.

Por isso, a análise de riscos e impactos precisa ser detalhada, para evitar acidentes ambientais envolvendo o solo.

Contudo, em muitos casos ocorre a contaminação ambiental do solo, sendo necessária realizar a sua remediação. Isso porque os contaminantes podem atingir os lençóis freáticos, contaminando a água.

Uma das piores contaminações é com metais pesados. Isso ocorre porque os danos causados no meio ambiente podem ser irreversíveis e prejudicar até a saúde das pessoas.

Os metais afetam não somente o meio ambiente mas também a saúde humana, causando câncer e outras mutações. Eles acabam chegando até nós pelo alimento ou água, sendo danoso para a sociedade. Por isso, preservar o solo é tão importante.

Para resolver esse problema, existe a remediação de solos contaminados por metais pesados.

Essa técnica tem como objetivo reduzir os níveis de contaminação no solo de forma segura e por meio de técnicas. Essas técnicas são consideradas seguras e não afetam a saúde humana e não são consideradas nocivas à natureza.

Como essa remediação é feita?

O processo também é conhecido como biorremediação e atua de forma sustentável no solo, utilizando organismos para degradar a poluição que está atingindo.

Desse modo, esse processo pode utilizar:

  • Fungos;
  • Algas;
  • Bactérias;
  • Reagentes não nocivos ao meio ambiente.

Esses elementos conseguem degradar o metal de forma correta, sem causar problemas ou danos ambientais. Porém, a realização dessa técnica precisa demandar uma empresa especializada no serviço, assim como estudos muito bem detalhados para que a remediação ocorra de forma correta e de acordo com o contaminante.

Além disso, é importante levar alguns elementos em consideração durante a análise. São eles:

  • A situação em que o solo se encontra;
  • A acidez por meio do pH;
  • Temperatura do solo;
  • Presença de poluentes.

Somente assim é possível definir qual é o melhor tipo de reagente ou produto para remediar o solo.

Outros elementos importantes

A remediação do solo é um processo complexo. Por isso, o ideal é que as empresas de construção e as indústrias criem políticas de planejamento e gerenciamento dos resíduos e materiais contaminantes, incluindo os pesados, com o objetivo de aumentar a preservação ambiental.

Além disso, é importante que se instale um hidrante de coluna completo preço, tanto para facilitar no combate a incêndios como para equipar o local com mais proteção e segurança.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *