Entenda mais sobre a coleta de lixo reciclável

Também chamado de coleta seletiva, a coleta de lixo reciclável destina-se ao recolhimento de produtos onde há a possibilidade de reciclagem.


Após esse procedimento, todos os materiais, como papéis, vidros, metais e plásticos, são separados.

Tudo isso beneficia a sociedade, partindo do princípio de que evita a contaminação de materiais recicláveis, diminuindo os custos de reaproveitamento.

Para começar a atividade de coleta seletiva, é necessário analisar, de maneira quantitativa e qualitativa, o perfil dos resíduos sólidos gerados em um lugar determinado, no intuito de melhorar todo o procedimento de coleta.

As cores indicativas dos recipientes dos resíduos:

  • Azul: Papel/Papelão
  • Amarelo: Metal
  • Verde: Vidro
  • Vermelho: Plástico
  • Marrom: Orgânico
  • Cinza: Lixo que não será encaminhado à reciclagem
  • Preto: Madeira
  • Branco: Lixo hospitalar/ saúde
  • Laranja: Resíduos perigosos
  • Roxo: Resíduos radioativos

Entenda mais sobre a separação de lixo

O lixo deteriorável (biodegradável), formado pelos os restos de frutas, vegetais e carne é separado do restante do lixo, tendo como destino os aterros sanitários ou um sistema de valorização de resíduos.

A reciclagem é uma atividade importante na vida moderna, pois há um crescimento de consumo contínuo de produtos sem que haja, por outro lado, um planejamento sobre o destino desses materiais.

Inicialmente, os resíduos provenientes de ações humanas tinham como o destino as lixeiras e aterros sanitários.

Mas com o grande aumento da quantidade de lixo e com a evolução da tecnologia, aliados aos interesses econômicos em busca de uma grande quantidade de matérias primas de baixo custo.

O lixo começa a perder essa nomenclatura e se torna um resíduo passível de reaproveitamento

E com o surgimento de tecnologias novas, uma parcela pequena dos resíduos urbanos não podem ser reaproveitados, os quais são deslocados para locais de eliminação, como já mencionamos, os aterros sanitários.

A coleta seletiva possui a função de separar dos resíduos urbanos pelas as suas estruturas e o destino que será entregue, com o objetivo de deixar mais simples e eficiente a sua recuperação.

Desse modo, a proposta é de resolver todos as ocorrências de acúmulo de lixo e entulho nas áreas urbanas, reintegrando novamente no ciclo industrial, trazendo muitos atributos econômicos.

Os locais de depósitos para o recolhimento são chamado de lixões ou também ecopontos. Este último dispõe de muitos modelos de coletores.

Tudo isso conforme a situação dos resíduos, da área e das aplicações de tratamento disponibilizadas pelas entidades que faz o encaminhamento para os centros de valorização.

O fundamento da coleta seletiva é a separação, pela população, dos materiais recicláveis (papéis, vidros, plásticos e metais) do restante do lixo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *