Informações importantes para irrigação por gotejamento

irrigação é considerada uma técnica milenar que se entrelaça ao desenvolvimento e prosperidade econômica dos povos, porque muitas das civilizações antigas produziram em regiões áridas nas quais a produção só era possível graças à técnica.

Historicamente, é possível notar que a prática sempre foi um fator de riqueza, prosperidade e segurança.

Com o desenvolvimento de modernas tecnologias de irrigação, além da maior demanda de água para as atividades humanas, a busca por métodos mais eficientes, que consumam menos recursos e forneçam melhores resultados, têm aumentado.

Dessa forma, a Irrigação por gotejamento tem se estabelecido como uma importante alternativa para sanar essas necessidades. São inúmeras as vantagens para quem opta por esse tipo de irrigação. Dentre elas:

  • Menor gasto de água;

  • Não há necessidade de topografia plana;

  • Permite fertilização;

  • Redução do uso de fertilizante;

  • Instalação em diversas culturas;

  • Diminuição de mão de obra;

  • Diminuição da erosão do solo;

  • Aumento da produtividade.

 

Características

Nesse método, a água é aplicada de forma pontual por meio de gotas diretamente ao solo. Elas, ao infiltrarem, formam um padrão de umedecimento conhecido como “bulbo úmido”.

Esses bulbos podem se deparar com a sequência da irrigação e formar uma faixa úmida, outro termo utilizado em irrigação localizada por gotejamento.

Em relação ao desenvolvimento radicular das plantas, um sistema específico de irrigação, surge muitas dúvidas. Pessoas se perguntam se esse sistema é capaz de suportar as necessidades de plantas perenes grandes e vigorosas, com sistema radicular bem plano.

Uma das principais razões do uso desse sistema é o aumento de produtividade obtido. Isso porque o esquema possui alta capacidade de irrigar uma determinada parte do solo na qual estão presentes as raízes da planta de uma forma precisa e constante.

Além disso, não se faz necessário expulsar todo o ar do solo. Isso faz com que o mecanismo se torne mais eficiente se comparado a outros.

 

Instalações

O agricultor familiar também pode ser beneficiado por esse sistema. A instalação é considerada simples. Projetada para pequenas áreas, essa técnica também contribui com o meio ambiente, como já falado.

O sistema depende da gravidade, já que é possível colocar uma caixa dagua em uma determinada altura conectada a uma mangueira central com inúmeros ramais que realizam a distribuição da água.

A partir do momento que o registro é ligado, a pressão faz com que a água passe pelas mangueiras, gotejando nas ruas de plantio ou nas covas das mudas. Diferente de outros sistemas, em consequência do fluxo de entrada e saída de água, o método tem uma vida útil maior.

Para o pequeno produtor, portanto, esse recurso terá impacto no aumento da produção e, consequentemente, em sua renda.

O investimento é pequeno em comparação aos benefícios. Em sistemas mais sofisticados, é possível optar não apenas pela caixa de amianto, mas também para a caixa cilíndrica de fibra de vidro.

Para quem já está em busca de “Reservatório de fibra de vidro preço”, o seu uso pode favorecer a produção e empresas de diversos setores ou atividades que necessitam de armazenamento de água.

 

Qualidade da água

Para investigar a qualidade da água que será utilizada na irrigação.

É necessário coletar amostras para serem enviadas para uma série de análises em um ambiente específico para tal, o laboratorio. A coleta de amostras de água, porém, demanda alguns cuidados específicos.

Mais do que mergulhar uma garrafa de água para armazenar a amostra, é importante coletar uma porção representativa e estabilizada da fonte de água, e das condições regionais que podem interferir.

Isso tanto na interpretação dos dados quanto nas análises laboratoriais. É importante destacar ainda que a técnica escolhida para a Amostragem de água depende do manancial.

Ou seja, se a água é de superfície, subterrânea, encanada, residuária  ou sedimento de fundo.

Além disso, também vai depender do tipo de análise a ser solicitada, seja ela análise físico-química, microbiológica ou radiológica, sendo a primeira considerada mais comum para o uso com o objetivo de irrigar.

Mesmo com seus inúmeros benefícios, é imprescindível destacar a importância do uso racional da irrigação.

Como toda produção agrícola, pode causar impactos no meio ambiente.

Por isso, se faz necessária a análise dos processos e as demandas necessárias para tal. Ao contrário do que se possa imaginar, é possível aliar a sustentabilidade a uma produção efetiva e eficiente.

 

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *