Meio ambiente: saneamento básico e tratamento de esgoto

esgoto

O meio ambiente é composto de modo geral da sociedade, fauna e flora. Essa flora pode compreender também os recursos hídricos, que são rios, águas, poços, lençol freático, dentre outros.

Outro detalhe bastante interessante é que é importante preservar o meio ambiente por meio de ações mais sustentáveis, que vão desde a construção da sua residência, a busca por órgãos estaduais e até mesmo, a precaução em relação a uma boa coleta de esgoto e limpeza da água.

Esse artigo vai abordar esses assuntos, que são complexos.

Abertura de um poço em sua residência

Durante a construção, muitas pessoas desejam abrir um poço artesiano, em sua residência para obter água subterrânea e consequentemente, economizar na conta de água.

No entanto, essa ação não é tão simples e envolve aspectos técnicos voltados às solicitações necessárias. Uma delas refere-se à outorga de poço artesiano SP.

No caso de águas subterrâneas, que são as nascentes e até mesmo os poços, essa ação é considerada como de responsabilidade do estado.

Por isso, é necessário que a pessoa entre em contato com o Governo de cada estado para ter as informações sobre como são os procedimentos.

A Agência Nacional de Águas (ANA) emite as outorgas no caso de rios, lagos e até mesmo reservatórios, desde que estejam sob responsabilidade da União, ou em corpos de água que passem por mais de um estado no país.

Além disso, as águas podem ser administradas também por entes federais. Mas, você deve estar se perguntando, por que a outorga é necessária? Ela é necessária para que o estado e a União tenham um controle sobre o uso de suas águas.

Por meio desse controle, é possível verificar a qualidade e quantidade da água, evitando discussões por meio de usuários que entram em conflito por conta de recursos hídricos.

Além disso, tanto a ANA como também gestores dos estados possuem a responsabilidade de fiscalizar os serviços voltados ao saneamento básico assim como distribuição e abastecimento da população do recurso hídrico que é a água.

No caso das tarifas e faturas que serão emitidas, isso deve ser consultado também com o seu estado e município. Além disso, informações podem ser solicitadas ao Ministério Público.

Saneamento básico e o tratamento de esgoto

O esgoto recebe materiais e dejetos líquidos que já foram contaminados a partir do uso da água. Por isso, esses dejetos e liquido precisam de tratamento efetivo, para evitar a contaminação do meio ambiente.

Um dos procedimentos de limpeza consiste na estação elevatória de esgoto. Esse tipo de estação possui bombas hidráulicas além de tanques que contribuem para o sistema que capta e distribui a água potável assim como quando ela se torna um efluente e precisa ser deslocada ao esgoto.

Esse tipo de estação elevatória permite que pontos mais baixos até os mais altos sejam atendidos pela capitação e tratamento.

Nessa elevação, o material passa por filtros e peneiras, para remoção dos resíduos sólidos. Isso evita que o sistema hidráulico seja comprometido por meio do entupimento das tubulações além de evitar problemas estruturais.

No entanto, recomenda-se também que a população faça sua parte e não descarte materiais sólidos nas pias ou vasos sanitários.

Além disso, essa estação conta com decantadores até de um reator biológico com o objetivo de tratar esse material. Ou seja, é por meio dessa estação que os líquidos conseguem se deslocar pela rede de esgoto, e chegar a uma estação de tratamento de forma mais limpa e consolidada.

É importante que exista uma estação elevatória de esgoto residencial, que se refere a um tipo de instalação hidráulica muito bem feita desde o momento da construção.

É importante que durante a elaboração do projeto, os aspectos referentes ao saneamento básico sejam levados em consideração.

Ainda sobre a caixa elevatória de esgoto, que contribui para o tratamento do esgoto e saneamento básico, podemos destacar as seguintes características:

  • Utilização de bombas e válvulas;
  • Utilização do sistema elétrico para o bombeamento da água;
  • Sistema de variação das vazões;
  • Sistema que evita a contaminação ambiental.

Ou seja, vale a pena pensar nesse sistema e em sua instalação da melhor forma possível.

Além da preocupação em relação ao esgoto, é importante pensar também que esse processo envolve uma coleta de água para análise microbiológica, com o objetivo de devolver a natureza um material limpo, ou fazer com que a água que chegue na residência, seja potável e adequada ao consumo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *