O tratamento de água e esgoto na sociedade são fundamentais

tratamento de água

O tratamento de água e esgoto na sociedade são fundamentais para garantir o bem-estar e qualidade de vida.

É um processo higiênico que atua no planejamento governamental de saneamento básico com o objetivo de controlar doenças e evitar a contaminação da natureza e pelo ser humano.

A água suja ou contaminada pode causar graves doenças nos seres humanos como uma diarreia aguda, contaminação parasitológica, vômitos e náuseas.

No meio ambiente, pode destruir ecossistemas, contaminar o solo, os peixes e espalhar ainda mais as doenças.

Infelizmente, não são todos os locais do Brasil que dispõem do serviço de saneamento básico e de água tratada e ainda ocorre o descarte de rejeitos (fezes e urina) nos rios e no mar.

Esse é um grave problema ambiental que pode ser resolvido se o saneamento básico chegar aos locais.

O tratamento de água é fundamental por oferecer água potável para o consumo, e água com qualidade para realização de atividades como tomar banho e cozinhar.

A água é tratada em uma estação de tratamento de água, com o objetivo de remover bactérias e micro-organismos prejudiciais à saúde, corrigir a cor e o sabor da água, deixar a água insípida (ou seja, sem cheiro), remover a presença de presença de metais pesados, por exemplo, ferro.

É dever dos órgãos públicos trabalharem para oferecer serviços de abastecimento de água com qualidade à população.

Esse é um procedimento ambiental, sustentável e de responsabilidade social. Existe a inspeção sanitária, que realiza o controle de bactérias e parasitas em uma sociedade.

Etapas do tratamento de água

O tratamento da água ocorre da seguinte forma:

  1. Coagulação e Floculação;
  2. Correção do pH da água;
  3. Decantação;
  4. Filtração;
  5. Desinfecção;
  6. Aplicação de flúor e distribuição.

No processo de coagulação e floculação (agrupamento de impurezas na água) são utilizados coagulantes como sulfato de alumínio.

Na correção do pH da água, ocorre a aplicação de Cal hidratada, com o objetivo de reduzir a acidez da água. Na decantação as impurezas são agrupadas por gravidade e acabam se separando da água.

Já na filtração, a água é direcionada a um filtro, com areia e algumas camadas. Ocorrerá uma drenagem para reter as impurezas que estiverem na água.

Ocorre também a chamada “desinfecção” da água, para eliminar os últimos micro-organismos sobreviventes, após isso, a água recebe aplicação de flúor e é distribuída para a população.

Para que esse processo tão importante ocorra de forma perfeita, é necessário que a estação tenha Equipamentos para tratamento de efluentes industriais. Você sabe quais são esses equipamentos?

Equipamentos necessários para tratar efluentes

Os efluentes são resíduos que são produzidos em empresas e em casas também, e que são poluentes. Se eles forem descartados incorretamente, causam danos ambientais consideráveis.

Por isso, tanto para tratar efluentes vindos da indústria como em outros casos, alguns equipamentos são necessários e compõem os processos descritos acima.

O Flotador por Ar Dissolvido é um dos equipamentos utilizados. Ele é responsável por remover resíduos sólidos que estão suspensos na água, no processo de flotação.

Existe também o Decanter Centrífugo, que atua na desidratação de iodo, tanto químico como físico. Vale lembrar que a água é composta também por vários sais minerais e eles precisam estar na quantidade certa.

Além disso, existem centrifugadores que atuam nesse processo de separação da água de materiais contaminados, purificadores, algumas peças de transmissão e tambor, por exemplo.

Esse processo precisa ser feito de forma a otimizar o tempo e os custos da empresa que trata a água.

É fundamental que os equipamentos presentes em uma estação de tratamento, tanto de água como de esgoto passem por manutenção frequente para verificar a qualidade da água e do serviço prestado.

É necessária também a presença de técnicos especializados nesse tipo de tratamento, que precisa ser eficiente e com credibilidade.

A Engenharia ambiental contribuindo para o processo

Para que uma estação de água e esgoto funcione corretamente e para que a água tratada chegue até as pessoas é necessário a instalação de canos e dutos subterrâneos.

Isso é feito por meio de planejamento, topografia (verificação do solo e do local), elaboração e plano de como utilizar um Perfurador de solo nesse local, como será o transporte e material, dentre outros.

Por isso, são consultadas Empresas de furo direcional, que atuam com uma equipe de engenheiros e técnicos, ambientais e civis, com a intenção de oferecer um serviço de qualidade que não agrida ao meio ambiente.

Também conhecida como Empresas método não destrutivo, a intenção é assentar uma nova tubulação em um local inviável, por meio da perfuração do solo com equipamentos altamente tecnológicos, que atuem de forma direcionada.

Ou seja, isso evita que outros locais desnecessários sejam cavados. A implantação é considerada segura e ainda é considerado um método de baixo custo.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *