Serviços essenciais: tratamento de água e esgoto

Existem alguns procedimentos que são fundamentais para garantir o bem-estar da população e do meio ambiente. Por isso, existem ferramentas e técnicas que foram desenvolvidas com o objetivo de remover os resíduos que são gerados, sejam eles sólidos ou não, preservar o meio ambiente, evitar a poluição e contribuir para a qualidade da água consumida.

Por isso, este artigo vai explicar sobre alguns procedimentos que foram desenvolvidos de modo a preservar a natureza e manter o bem-estar social. Confira!

Tratamento de água: serviço essencial

Quem vive sem água? A água se tornou um bem essencial para a sobrevivência humana, apesar de ser um bem findável. Por isso, todo o desperdício deve ser evitado e esse material limpo para ser devolvido à natureza.

De modo a solucionar isso, existem estações de tratamento de água, conhecidas como ETAs, assim como há os equipamentos para tratamento de água e efluentes.

O objetivo de tratar a água é torna-la potável novamente, ou seja, adequada para o consumo ou para uso. Os principais equipamentos utilizados nesse processo são:

  • O separador entre óleo e água;
  • Presença da peneira estática;
  • Caixa com misturadores;
  • Presença de tanques;
  • Inserção de reatores biológicos ou não;
  • Sistema de aeração;
  • Sistema de polimento.

Além disso, quando o assunto é tratar os resíduos de estações de tratamento de água vale a pena destacar a retenção de sólidos pela ação da decantação e floculação, assim como elementos físicos que ajudam na retirada dessas partículas, aproveitando os materiais líquidos.

Além disso, ocorre a diminuição da densidade dessa água, remoção biológica dos nutrientes assim como os procedimentos de oxidação que são necessárias.

Os processos que envolvem o tratamento de água são complexos e, por isso, essa estação é equipada com diversos equipamentos e conta com o manuseio de uma equipe profissional.

Assim como o tratamento de água é fundamental, outro detalhe bastante interessante nesse cenário é o tratamento de esgoto.

Desse modo, existem as ETAs, estação compacta de tratamento de esgoto, ou modelos mais complexos. É nessa estação que os resíduos que são direcionados ao esgoto podem receber tratamento e serem devolvidos à natureza.

Atualmente, outros locais além da indústria e do próprio complexo da estação de tratamento estão incorporando essas estações mais compactadas, como é o caso de ambientes residenciais e condomínios.

O que você precisa saber sobre o tratamento de efluentes?

As empresas de tratamento de efluentes são responsáveis por tratar produtos que são resultado de ações humanas e industriais.

Esses produtos podem ser tanto líquidos como gasosos. Por exemplo, a indústria é um dos grandes emissores de efluentes que são gasosos, químicos e até mesmo tóxicos. Se eles não forem tratados, acabarão sendo despejados na natureza (rio, solo e ar), gerando contaminação e poluição.

Por isso, esses efluentes precisam ser tratados, inclusive, a água que está contida neles. Esse tratamento da água pode até gerar um reaproveitamento posterior desse elemento.

Sendo tratada por meio de uma estação de tratamento de efluentes compacta instalada na própria residência ou no ambiente industrial, esses resíduos podem retornar aos recursos considerados hídricos, reduzindo os impactos ambientais e estando de acordo com que a legislação exige.

A falta de tratamento pode gerar multas para a empresa, além de danos irreversíveis ao meio ambiente por conta da presença em excesso de elementos contaminantes, ou ainda trazer risco à saúde.

Esses materiais são tóxicos e possuem também carga orgânica, afetando todo o ecossistema local. Por isso, o processo de limpeza é fundamental e vai separar as partes sólidas das liquidas, retirando a contaminação presente.

Serviços necessários

No processo de limpeza pode ser necessário contar com uma empresa de consultoria ambiental, de modo a encontrar a melhor forma de realizar o procedimento, sem causar danos e cumprindo normas e exigências técnicas.

Geralmente, essa empresa é formada por engenheiros ambientais e profissionais especializados em meio ambiente que podem monitorar as atividades que estão sendo realizadas e sugerir ajustes que não impactem a produção nem o ambiente.

Por exemplo, existe a estação de tratamento de esgoto industrial, que é focada na limpeza dos resíduos produzidos dentro da indústria, trazendo mais economia para a empresa e reduzindo os riscos de contaminação ambiental.

A instalação desse sistema de tratamento é importante e, ao mesmo tempo, complexo. Por isso, o apoio profissional é tão importante.

Em alguns casos, a indústria já precisa pensar em uma política ambiental de reposição, verificando quais locais foram afetados, o tamanho do impacto e como mitigar os riscos. A luta e objetivo das empresas deve ser para realizar suas atividades com o menor impacto ambiental possível.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *