Entenda como funciona os serviços realizados no solo

ensaio de permeabilidade tem como objetivo final a determinação do quão permeável é um solo, e os profissionais da construção civil demonstram isso através de um coeficiente, resultado de uma equação.

Apesar de parecer complexa a definição da permeabilidade do solo, você entenderá mais adiante que este fator não é levado em conta somente por estes profissionais.

E também como isso afeta a vida de muitos cidadãos em diversas cidades do Brasil, sendo um assunto de extrema importância também para a jardinagem.

Este ensaio, conhecido também como ensaio de infiltração, é realizado através de furos feitos no solo e consiste na medida de vazão, observada pelo volume de água absorvido ou retirado durante um intervalo de tempo.

Entendemos como permeabilidade a capacidade de determinado tipo de solo, sob suas condições normais, em permitir a passagem de água ou outros fluídos através dos seus vazios.

E o principal fator que influencia nisso, é o número de vazios contidos nesse solo.

Ficou um pouco confuso? Vamos analisar dois tipos de solos conhecidos por nós.

Areia, que é fina e é composta por pequenos grânulos, tem muitos espaços vazios para a água passar, quando como, por exemplo, tentamos cavar um buraco e encher de água e a água rapidamente é absorvida.

Enquanto que um outro tipo de solo também conhecido, a argila, não tem essas mesmas características, e retém muito mais do solo.

Para os profissionais do ramo de construção civil, o fluído considerado para se obter o coeficiente de permeabilidade, utilizando o ensaio de permeabilidade, é sempre a água, por conta de suas propriedades, não encontradas em outros fluídos.

Os problemas mais graves em construções estão relacionados à presença da água nelas, portanto, o conhecimento da permeabilidade do solo é necessário para a solução destes problemas.

Principais fatores influenciadores

Os fatores que influenciam no cálculo do ensaio de infiltração são:

  • Granulometria;
  • Índice de vazios no solo;
  • Composição de minerais do solo;
  • Estrutura;
  • Fluído que passará através do solo;
  • Temperatura.

A granulometria é a análise do tamanho das partículas que compõe aquele solo, e para ilustrar um pouco melhor como isso influencia no coeficiente de permeabilidade do solo, destacamos algumas questões abaixo.

Solos com pedregulhos menos finos são muito menos permeáveis do que os mais finos, como ilustramos na comparação entre os solos de areia e os solos de argila.

O índice de vazios tem a ver com a porosidade do solo estudado. Quanto mais poroso um solo é, ou seja, tem uma maior dimensão dos poros, maior será o seu índice de vazios, por consequência, será mais permeável.

A composição mineralógica, ou seja, a composição dos minerais do solo, também influencia na permeabilidade do mesmo.

Por exemplo: as argilas moles, que são compostas basicamente de argilo-minerais, possuem um valor de permeabilidade muito baixo.

Algo em torno de 10 centímetros por segundo, enquanto que os solos mais arenosos, estão na ordem de 1 a 0,01 centímetros por segundo.

Mas além de um assunto recorrente e de suma importância para engenheiros civis, existem também normas padrões para estes estudos.

Empresas de engenharia e estudos geológicos, que prestam serviços de ensaio de permeabilidade do solo, utilizam-se da norma NBR 13969/97.

É possível ver que não é somente feito um experimento “cego” e colhido resultados, mas sabe-se previamente tudo o que influencia nisso antes mesmo de iniciar os ensaios, mostrando ser de excelente utilidade para a avaliação prévia de terrenos para suas construções.

Existem diferentes tipos de ensaio de infiltração, que podem ser classificados como:

  • Ensaio de infiltração;
  • Ensaio de rebaixamento;
  • Ensaio de recuperação;
  • E ensaio de bombeamento.

Como a permeabilidade de solos influencia a vida nas cidades

Infelizmente, não é muita novidade ver na televisão em dias muito chuvosos que em algum lugar do Brasil houve enchentes, por vezes, até mesmo, mais sérias, tirando não somente bens das pessoas, mas também vidas.

E isso ocorre principalmente porque a cidade basicamente “tampou” todo o solo com asfalto ou materiais pouco/nada permeáveis, o que impossibilita da água vazar para o solo, resultando nessas enchentes.

Empresa de jardinagem, construção civil, paisagismo, entre outras, entram como grandes atores na construção de um ambiente com menos ou mais riscos de enchentes.

Já que estas estão envolvidas em construções de casas, prédios e jardins, que apesar de em sua maioria ser grama.

Há casos onde por questões de estética parte dele é cimentado para ficar abaixo de pedras de argila decorativas, ou até mesmo as gramas naturais são substituídas pelas sintéticas por uma questão de facilidade de manutenção.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *